Marketing de conteúdo: o que é e como gera mais vendas

Marketing de conteúdo: o que é e como gera mais vendas

Confira neste artigo o que é marketing de conteúdo, quais benefícios essa estratégia traz para as suas vendas e como utilizá-la ao longo do seu funil para vender mais com um passo a passo completo e as melhores dicas do mercado!
Não quer ler? Você também pode ouvir o post aqui abaixo
Getting your Trinity Audio player ready...

Fazer marketing de conteúdo significa promover conteúdos valiosos para engajar leads. Para fazê-lo, foque em gerar valor, responder dúvidas, utilizar palavras-chave, CTAs e gatilhos mentais e invista na divulgação e no engajamento. O objetivo é construir relacionamentos, aumentar a visibilidade e impulsionar as suas vendas.

Você já ouviu falar em marketing de conteúdo?

Se você trabalha com vendas B2B, temos certeza que sim.

Afinal, o comercial é o motor de qualquer negócio e, dessa forma, a missão de toda empresa é sempre encontrar formas novas e menos custosas para vender.

Nesse sentido, a cada dia, o marketing de conteúdo tem sido uma das técnicas mais utilizadas para atingir esse objetivo.

Isso ganha ainda mais força uma vez que se entende que a venda começa muito antes dos vendedores. Desse modo, é papel do time de marketing chamar a atenção e preparar o terreno para a equipe comercial.

É justamente nesse sentido que o marketing de conteúdo adquire um papel cada vez mais fundamental, e é justamente para te ajudar a fazê-lo de forma eficaz para gerar mais vendas que escrevemos este artigo!

Aqui, você vai aprender tudo sobre essa estratégia, desde a sua definição e os seus benefícios comerciais até como utilizá-la ao longo do funil de vendas e um passo a passo completo e recheado de dicas para colocar em prática.

Boa leitura!

O que é marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo é uma estratégia de marketing digital focada na criação e distribuição de conteúdos relevantes e valiosos para atrair, envolver e conquistar a atenção e a confiança de um público-alvo.

O principal objetivo é estabelecer uma conexão com os leads por meio da entrega de informações úteis, educativas, inspiradoras ou de entretenimento e, consequentemente, vender mais.

Nessa abordagem, a sua empresa produz e compartilha conteúdo de qualidade em diversos formatos, como artigos, vídeos, infográficos, podcasts, ebooks, redes sociais etc. Ele é desenvolvido levando em consideração as necessidades, desafios e interesses do público, buscando resolver seus problemas e fornecer soluções.

Ao fornecer informações relevantes, o marketing de conteúdo busca criar um relacionamento de confiança com os leads, estabelecendo a marca como uma autoridade no assunto e gerando mais engajamento.

Além disso, ele também é utilizado para direcionar o público no funil de vendas, convertendo leads em clientes e promovendo o crescimento do seu negócio.

Marketing de conteúdo X inbound marketing

É muito comum que as pessoas confundam essas estratégias e as entendam como sinônimos. Entretanto, embora elas estejam relacionadas, elas se diferenciam em seus enfoques e escopos.

O marketing de conteúdo é uma estratégia específica dentro do inbound que se concentra principalmente na criação e distribuição de conteúdo relevante, útil e valioso para atrair e engajar o público-alvo.

Já o inbound marketing é uma abordagem mais abrangente, que engloba várias táticas para atrair, converter, fechar vendas e encantar clientes. Além do marketing de conteúdo, ele também abrange outras técnicas, como a otimização de mecanismos de busca, o marketing de mídia social, a automação de processos e a nutrição de leads.

Qual a importância do marketing de conteúdo em vendas?

Para deixar ainda mais claro como o marketing de conteúdo é essencial para as suas estratégias comerciais, separamos a seguir os seis principais benefícios trazidos por essa técnica para o seu processo de vendas. Confira:

Aumento da visibilidade

Um dos principais benefícios comerciais do marketing de conteúdo é o aumento da visibilidade da marca.

Ao criar e compartilhar conteúdo relevante, a sua empresa alcança um público mais amplo e constrói uma presença online mais forte. Isso significa que mais pessoas terão mais conhecimento sobre a sua marca, seus produtos ou serviços, o que leva a um aumento de tráfego no site, seguidores nas redes sociais e reconhecimento no mercado, gerando mais leads.

Construção de branding

Outro benefício do marketing de conteúdo é a construção de branding.

Por meio da criação de conteúdos relevantes e valiosos, a sua marca pode estabelecer a sua identidade e os seus valores e diferenciais no mercado. Isso ajuda a criar uma imagem positiva e reconhecível, tornando-a mais memorável para os consumidores.

Um branding eficaz aumenta a confiança e a familiaridade com a marca, resultando em maior preferência na hora de realizar uma compra.

Educação e nutrição de leads

Um terceiro benefício do marketing de conteúdo em vendas é a educação e nutrição de leads.

Ao fornecer conteúdo valioso e informativo, a sua empresa pode educar melhor  os potenciais clientes sobre o seu produto ou serviço, explicar seus benefícios e solucionar suas dúvidas ou problemas. Isso não apenas ajuda a criar confiança, mas também nutre os leads ao longo do funil, levando-os a se tornarem mais qualificados, informados e propensos a efetuar uma compra.

Ganho de autoridade

Outro benefício comercial do marketing de conteúdo é o ganho de autoridade.

Ao criar e compartilhar conteúdos relevantes e de qualidade, a sua empresa demonstra mais conhecimento e expertise em seu campo de atuação. Isso ajuda a estabelecer a marca como uma referência no mercado, aumentando a sua autoridade e a sua influência.

O ganho de autoridade não só atrai mais atenção e confiança dos consumidores, mas também leva a parcerias estratégicas, oportunidades de colaboração e a um maior alcance da marca.

Aumento do LTV

Um quinto benefício do marketing de conteúdo para vendas é o aumento do Lifetime Value (LTV).

Essa métrica representa o valor que um cliente gera para a sua empresa ao longo do tempo, considerando suas compras recorrentes e possíveis indicações.

O marketing de conteúdo ajuda a fortalecer o relacionamento com os leads, proporcionando conteúdo valioso mesmo após a venda. Isso resulta em maior fidelidade e retenção, levando a um aumento do LTV.

Quanto mais tempo um cliente permanece engajado e satisfeito com a sua marca, maiores são as chances de que ele continue comprando e trazendo novos negócios para a empresa.

Como utilizar o marketing de conteúdo ao longo do funil de vendas?

Como você já deve ter notado, o marketing de conteúdo desempenha um papel fundamental ao longo do funil de vendas, atendendo às diferentes necessidades e estágios do seu público.

No topo do funil, o objetivo é atrair atenção e despertar interesse. Nessa fase, é importante criar conteúdos relevantes e informativos, como artigos de blog, vídeos ou infográficos, que abordem temas relacionados ao setor ou a problemas enfrentados pelos clientes. O intuito é estabelecer a marca como uma autoridade, atraindo visitantes e gerando leads qualificados.

Já no meio do funil, o objetivo é nutrir os leads e convertê-los em clientes. Nessa etapa, é crucial fornecer conteúdo mais aprofundado e direcionado. Isso inclui webinars, estudos de caso, ebooks, podcasts etc. que ofereçam soluções e informações mais detalhadas sobre os seus produtos ou serviços. Além disso, o conteúdo deve destacar os seus benefícios e diferenciais, mostrando como a sua empresa pode resolver problemas específicos do cliente.

Por fim, no fundo do funil, o objetivo é converter os leads em clientes efetivos. Nessa fase, o conteúdo deve ser focado em incentivar a ação de compra. Isso pode ser feito por meio de depoimentos de clientes satisfeitos, cases de sucesso, demonstrações, testes e muito mais. O conteúdo deve fornecer informações que ajudem o lead a tomar uma decisão de compra, destacando benefícios, comparando opções e oferecendo garantias.

Dessa forma, ao longo de todo o funil de vendas, o marketing de conteúdo desempenha um papel crucial na construção de relacionamentos, fornecendo valor aos leads e lhes orientando ao longo da jornada de compra.

Ao criar conteúdo relevante para cada estágio do funil, a sua empresa pode educar, nutrir e persuadir melhor os clientes, aumentando a probabilidade de conversão e impulsionando as vendas.

Como planejar e fazer marketing de conteúdo em 5 passos

Agora que você já está mais do que convencido a adotar o marketing de conteúdo para vender mais na sua empresa, separamos cinco passos infalíveis para você seguir na hora de implementar essa estratégia. Veja abaixo:

#1 Determine o seu ICP e crie personas!

O primeiro passo para fazer marketing de conteúdo é determinar o seu ICP e criar personas. Isso envolve identificar o perfil ideal de cliente que você deseja alcançar e entender as suas características, necessidades e desafios.

A importância desse passo está em direcionar seus esforços para as pessoas certas. Ao definir o seu ICP e criar personas, você pode adaptar a sua mensagem e o seu conteúdo para atender às necessidades específicas desse público, aumentando a probabilidade de atrair a sua atenção e engajamento. Isso resulta em leads mais qualificados e em uma maior chance de conversão.

Para fazer isso, você pode começar coletando dados sobre seus clientes atuais, analisando seus comportamentos, perfis demográficos e preferências. A partir dessas informações, você pode criar personas fictícias que representem seus clientes ideais, atribuindo-lhes características e descrições detalhadas. Essas personagens servirão como guias ao desenvolver conteúdo que ressoe com o público-alvo, atendendo melhor às suas necessidades e desafios.

#2 Escolha os melhores formatos e canais para o conteúdo!

O segundo passo é escolher os melhores formatos e canais para o marketing de conteúdo. Isso envolve identificar os formatos mais adequados para transmitir a sua mensagem e os canais nos quais o seu público-alvo está mais presente.

A importância disso está em maximizar o alcance e o impacto do seu conteúdo. Ao selecionar os formatos certos, você pode adaptá-lo para atender melhor às preferências e comportamentos dos seus leads.

Da mesma forma, ao escolher os canais mais apropriados, você garante que a sua mensagem alcance as pessoas certas no momento certo.

Para fazer isso, você deve pesquisar e analisar o comportamento do seu público. Descubra quais formatos de conteúdo eles preferem consumir e em quais canais eles estão mais presentes. Considere também o tipo de mensagem que você deseja transmitir e a natureza do seu negócio. Com base nessas informações, selecione os formatos e canais que melhor atendam às suas necessidades.

#3 Defina uma linha e um calendário editoriais!

O terceiro passo para fazer marketing de conteúdo é definir uma linha e um calendário editoriais. Isso envolve estabelecer a direção e os temas dos seus conteúdos, assim como planejar quando e com qual frequência eles serão produzidos e publicados. 

A importância desse passo reside na manutenção de uma presença constante e engajadora para o seu público. Uma linha editorial clara define o tom, o estilo e os tópicos da sua mensagem, proporcionando uma identidade coerente e reconhecível para a sua marca.

Além disso, um calendário editorial ajuda a planejar e distribuir o conteúdo de forma estratégica, garantindo que ele seja entregue regularmente aos seus seguidores.

Para fazer isso, comece definindo os principais temas e tópicos relevantes para o seu público-alvo. Em seguida, determine a frequência ideal de publicação, levando em consideração seus recursos e capacidades.

Além disso, crie um calendário mensal ou semanal que especifique quando cada peça será produzida e publicada. Certifique-se de considerar diferentes formatos e canais ao planejá-lo e mantenha-se organizado e disciplinado, monitorando e ajustando o planejamento conforme necessário para garantir a consistência e a qualidade do seu conteúdo.

#4 Crie e revise o conteúdo!

O quarto passo para fazer marketing de conteúdo é botar a mão na massa. Definidos a linha editorial e o calendário, é hora de produzir o conteúdo em si, o que envolve a criação de textos, vídeos, imagens ou quaisquer outros formatos relevantes para os seus leads.

A importância desse passo está em fornecer conteúdo valioso e envolvente para o seu público. Um conteúdo bem produzido e revisado transmite profissionalismo, autoridade e confiança, fortalecendo a percepção da sua marca. Além disso, uma revisão cuidadosa permite corrigir erros, melhorar a clareza da mensagem e otimizar o impacto da mensagem.

Para fazer isso, siga um processo de criação e revisão estruturado. Comece definindo os objetivos de cada conteúdo e pesquisando informações relevantes. Em seguida, crie um rascunho inicial, levando em consideração a estrutura, a gramática e a coesão do texto. Após isso, revise o conteúdo para melhorar a clareza, a concisão e a qualidade geral e publique conforme o calendário.

#5 Defina métricas para acompanhar os resultados!

O quinto e último passo para fazer marketing de conteúdo é definir métricas para acompanhar os seus resultados.

É fundamental estabelecer KPIs que permitam avaliar o impacto e o sucesso da sua estratégia. Isso envolve identificar as métricas mais relevantes para monitorar, como o tráfego do site, taxa de conversão, o tempo de permanência, o compartilhamento nas redes sociais, o número de leads gerados e muito mais.

A importância disso está em ter uma visão clara do desempenho do seu conteúdo e do Retorno sobre o Investimento (ROI). Ao acompanhar as métricas, você pode avaliar melhor a eficácia, identificar áreas de melhoria e tomar decisões informadas para otimizar a estratégia.

Para fazer isso, você deve definir os KPIs relevantes para o seu objetivo de marketing. Para isso, utilize ferramentas de análise de dados para coletar e monitorar as métricas relevantes, acompanhe regularmente os dados e avalie seu desempenho em relação aos seus objetivos.

Com base nessa análise, você pode fazer ajustes na sua estratégia, otimizando o conteúdo e as táticas conforme necessário. Para isso, esteja atento também às tendências e padrões ao longo do tempo para identificar oportunidades de melhoria contínua e alcançar resultados cada vez melhores.

7 dicas para fazer marketing de conteúdo e vender mais

Se você chegou até aqui, temos certeza de que já está pronto para começar a fazer marketing de conteúdo e vender mais a partir de hoje.

Dessa forma, que tal umas dicas para otimizar ainda mais o processo?!

Confira a seguir as principais do mercado:

#1 Foque em gerar valor, e não diretamente em vender!

Focar em gerar valor ao invés de vender diretamente é essencial no marketing de conteúdo.

A importância dessa abordagem reside em estabelecer confiança, autoridade e lealdade com o público-alvo. Ao fornecer conteúdo relevante, informativo e útil, você constrói relacionamentos mais sólidos e conquista a atenção e o interesse dos leads.

Para implementar essa dica, concentre-se em entender as necessidades e os desafios da sua audiência. Crie conteúdo que responda às suas perguntas, forneça soluções para os seus problemas e ofereça insights valiosos.

Além disso, evite um tom excessivamente promocional e priorize a educação e o engajamento. Lembre-se: o objetivo principal é ajudar e fornecer valor, criando um relacionamento duradouro com os seus clientes.

#2 Responda às dúvidas e aos questionamentos dos leads!

A segunda dica para fazer marketing de conteúdo é responder às dúvidas e questionamentos dos leads.

É crucial compreender as principais perguntas e desafios do seu público-alvo para criar conteúdo relevante que os ajude a resolver problemas e tomar decisões informadas. Ao fornecer respostas claras e úteis, você constrói confiança e se estabelece como uma autoridade no seu nicho de mercado.

Para implementar essa estratégia, comece identificando as perguntas mais comuns que seus leads têm em relação ao seu setor ou aos seus produtos/serviços. Em seguida, crie conteúdo que responda diretamente a essas dúvidas. Certifique-se de abordar cada ponto de maneira clara, concisa e informativa. Além disso, monitore continuamente os feedbacks para ajustar a sua estratégia e continuar fornecendo respostas relevantes e atualizadas.

#3 Trabalhe com palavras-chave!

A terceira dica para fazer marketing de conteúdo é trabalhar com palavras-chave.

Utilizar palavras-chave relevantes aumenta a sua visibilidade nos mecanismos de busca e direciona tráfego mais qualificado para o seu site. Por isso, é importante realizar uma pesquisa de palavras-chave para identificar os termos mais relevantes e utilizá-los estrategicamente em títulos, subtítulos, textos etc.

Para implementar essa estratégia, comece pesquisando palavras-chave relacionadas ao seu nicho de mercado e aos temas do seu conteúdo. Utilize ferramentas de pesquisa para identificar termos com alto volume de pesquisa e baixa concorrência.

Em seguida, inclua essas palavras-chave naturalmente em seu conteúdo, sem exageros ou repetições excessivas. Lembre-se de oferecer um conteúdo valioso e relevante, garantindo que esses termos estejam integrados de forma orgânica.

#4 Inclua CTAs!

A quarta dica é incluir Calls-to-Action (CTAs) no marketing de conteúdo.

CTAs são elementos persuasivos que direcionam o leitor a realizar uma ação específica, como se inscrever em uma newsletter, baixar um e-book ou preencher um formulário. Esses botões ou links são cruciais para incentivar o engajamento e a conversão do público.

A importância dessa estratégia está em direcionar os leitores para o próximo passo no funil de vendas, convertendo-os em leads qualificados.

Para implementar essa dica, defina o objetivo específico para cada conteúdo e crie um CTA atraente e claro que corresponda a esse objetivo. Certifique-se de que ele seja visualmente destacado e colocado em locais estratégicos. Além disso, teste diferentes CTAs para ver qual gera mais engajamento e ajuste conforme necessário para otimizar a taxa de conversão.

#5 Utilize gatilhos mentais para tornar o conteúdo mais atrativo!

A quinta dica é utilizar gatilhos mentais para tornar o conteúdo mais atrativo.

Ao aplicá-los em seu conteúdo, você pode despertar o interesse, a curiosidade e a ação dos leitores de forma mais efetiva.

A importância dessa estratégia está em captar a atenção do público e aumentar o engajamento com o conteúdo. Alguns exemplos de gatilhos mentais incluem o senso de urgência, a prova social, o medo de perder oportunidades e o desejo de pertencimento.

Para utilizá-los, inclua elementos como contagem regressiva para promoções limitadas, depoimentos de clientes satisfeitos, estatísticas impactantes ou convites para se juntar a uma comunidade exclusiva. Entenda seu público-alvo e identifique os gatilhos mais relevantes para despertar emoções e estimular ações.

Para aprender mais sobre os principais gatilhos mentais utilizados em vendas, assista ao vídeo abaixo:

#6 Invista na divulgação e na distribuição do conteúdo!

A sexta dica é investir na divulgação e na distribuição do conteúdo. Não basta apenas criar conteúdo de qualidade, é igualmente importante promovê-lo para alcançar um público mais amplo e maximizar o seu impacto.

A importância dessa estratégia está em aumentar a visibilidade, gerar tráfego e atrair potenciais clientes para o seu negócio.

Para implementar essa dica, utilize diferentes canais de distribuição, como redes sociais, e-mail marketing, parcerias com influenciadores e guest posts em blogs relevantes. Promova seu conteúdo regularmente, compartilhando-o em grupos e comunidades online, utilizando hashtags e aproveitando recursos de publicidade.

Além disso, otimize seu conteúdo para SEO, utilizando palavras-chave relevantes, meta tags e meta descriptions. A divulgação efetiva do seu conteúdo aumentará sua exposição, o seu alcance e, consequentemente, o seu impacto nos leads.

#7 Incentive o engajamento e a interação com o conteúdo!

A última dica para fazer marketing de conteúdo é incentivar o engajamento e a interação com os seus materiais.

Ao encorajar os leitores a comentar, compartilhar e interagir com o seu conteúdo, você cria um relacionamento mais profundo e duradouro com eles.

A importância dessa estratégia está em fortalecer a conexão com os seguidores, aumentar a viralidade do conteúdo e gerar mais exposição e alcance.

Para implementar essa dica, crie oportunidades de interação, como formulários, enquetes, quizzes ou perguntas diretas para os leads. Além disso, responda ativamente aos comentários e às mensagens, mostrando que você os valoriza e está disposto a se envolver com as suas dúvidas.

Por fim, incentive o compartilhamento do conteúdo por meio de botões de compartilhamento social e recompense os leitores engajados com brindes, descontos ou acesso exclusivo a conteúdos premium. Ao promover o engajamento, você fortalece a fidelidade e o envolvimento do público, criando uma base sólida de seguidores entusiasmados com a sua marca.

Conclusão

Se você chegou aqui, parabéns! Você acaba de ser certificado como especialista em marketing de conteúdo.

Agora, é hora de colocar a mão na massa e começar a vender mais a partir de hoje!

Caso tenha restado alguma dúvida, deixe nos comentários! Será um prazer responder e te ajudar a chegar ao topo junto com a Growth Machine.

Obrigado por nos acompanhar e até a próxima leitura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas

Imagem que exemplifica o aumento de faturamento conquistado pela Empresa Eficaz após entrar na Comunidade Demanda Infinita da Growth Machine.

Case Empresa Eficaz: 2x o faturamento em apenas 60 dias

Descubra neste artigo como a Empresa Eficaz saiu de um faturamento mensal abaixo de R$50 mil para mais de R$100 mil em apenas 60 dias através das ferramentas, da mentalidade e do conhecimento adquirido na Comunidade Demanda Infinita.

Imagem que exemplifica a triplicação do número de agendamentos lograda pela Leão Marketeria no High Growth.

Case Leão Marketeria: 3x mais agendamentos em fim de ano

Descubra neste artigo como a Leão Marketeria conseguiu dobrar de tamanho e triplicar o seu número de agendamentos durante as festas de fim de ano, tudo isso através das estratégias e mentalidades aprendidas com a participação no High Growth.

Imagem que exemplifica dois touchpoints essenciais em vendas: e-mail e ligação.

Touchpoints: o que são, exemplos e 6 dicas para fazer

Confira neste artigo tudo sobre os touchpoints, desde sua definição, sua importância e suas funcionalidades até seus principais tipos, exemplos, como inseri-los na jornada de compra e seis dicas para ser mais eficiente e conversivo.